Roberto Santiago!

5 de junho de 2018

Em Morungaba, Santiago destaca a importância da política e defende o municipalismo

Em Morungaba, Santiago destaca a importância da política e defende o municipalismo

Por: Fabiano Polayna

Na noite de segunda-feira (04), Roberto Santiago esteve reunido com importantes lideranças da cidade de Morungaba, onde debateu diversos temas da atualidade, como a crise política do país e também a falta de representatividade da região no Congresso Nacional.

Em seus discursos, os ex-prefeitos Beto Zen e Cecília Preti Rossi, os vereadores Richard, Tomas, Reinaldo Barbosa e ex-vereadores, falaram da dificuldade do município conseguir recursos federais, em virtude de não ter legítimos representantes em Brasília. “Morungaba está em um momento muito difícil. A Saúde está um verdadeiro caos. A falta de medicamentos na Santa Casa, por exemplo, é algo preocupante. Nunca passamos por isso”, disseram.

Santiago reforçou seu compromisso com a bandeira do municipalismo. “Sempre defendi essa causa. Nos meus dois mandatos como deputado federal, atuei pelo fortalecimento das cidades, destinando inúmeras emendas para que elas tivessem condições de crescimento”, afirmou.

Para se ter uma ideia, entre 2007 a 2014, Santiago encaminhou R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais) em emendas parlamentares para o município. Sua dedicação foi tanta que em 2014 ele recebeu o Título de Cidadão Morungabense.

Sobre o triste cenário político, Santiago diz que o momento é oportuno para que a sociedade avalie os nomes daqueles que estão no Poder e que são alvos dos escândalos. “Com tantas operações e delações divulgadas na mídia, corruptos e corruptores estão expostos à sociedade. Alguns já estão pagando o preço da roubalheira, outros estão na mira da justiça e muito próximos das suas condenações. No entanto, ainda há os que são expostos, mas que sobrevivem no meio político, sendo perpetuados no Poder pela irresponsabilidade do voto”, desabafa.

“Estamos em ano eleitoral, momento de reflexão e de avaliação. É hora do povo pesquisar muito bem antes de votar. A política é fundamental para a organização e o desenvolvimento da sociedade. Mas, precisamos leva-la a sério e debate-la em todos os nossos meios. Senão, ficamos mais quatro anos lamentando”, concluiu.